BLOG

Caminhões elétricos, uma realidade
10Julho

Caminhões elétricos, uma realidade

O gigantesco grupo alemão Daimler lançou um novo modelo de caminhão pesado, totalmente elétrico e promete coloca-lo em produção a partir de 2021.  

O modelo eCascadia da Daimler conta com 18 rodas e alcance de 400km, ele visa o mercado de distribuição regional e serviços portuários. Já o seu concorrente, o caminhão da Tesla (que deve ser produzido até 2020) será voltado para distâncias mais longas com alcance de pouco mais de 800 km.

A Daimler também apresentou um modelo de caminhão médio, o eM2 106 com até 370 km de alcance por carga de bateria. Um caminhão elétrico desenhado para pequenas distribuições e serviços urbanos, como entregas de bebidas, pequenos fretes etc. Alguns executivos e analistas veem o eM2 106 como o “modelo certeiro” para o mercado emergente de caminhões elétricos.

Segundo a empresa, ainda este ano, serão entregues cerca de 30 protótipos dos dois modelos para teste em campo e espera pô-los em produção até 2021.

Dona da Mercedes Benz

Mais conhecida por sua marca de luxo Mercedes-Benz, o Grupo Daimler tem uma fatia de 40% do mercado norte-americano de caminhões pesados e é o segundo maior fabricante de caminhão do mundo, gerando cerca de US$ 39 bilhões.

A sua concorrente de Illinois, a Navistar International junto com a Volkswagen, está investindo mais de US$ 1,7 bilhão de dólares em novos modelos de veículos elétricos, totalmente autônomos com sistemas em nuvem. Segundo a assessoria da empresa, a novidade pode chegar ao mercado em 2022. Além disso, planejam lançar seus próprios caminhões de médio porte na América do Norte até o fim de 2019.  A Daimler, tem muito a perder à medida que a competição por caminhões elétricos se intensifica.  

Aqui na Compeças, você fica por dentro das novidades, além de resolver tudo em um só lugar. Precisou? Peça seu orçamento (65) 3029-6669, entregamos para qualquer lugar do país.

Deixe seu comentário

A Compeças Multimarca não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais à terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluidos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido, valorize esse espaço democrático.
Agradecemos a participação!

Seja o primeiro a comentar essa postagem!